Como podemos proteger a Sagrada Mãe através de um consumo responsável? - Boletím 019 Maio 2012

Meus queridos leitores,
Durante este tempo, temos vindo a trabalhar para a proteção ambiental, o consumo consciente e os direitos da Mãe Terra. Um exemplo é na América do Sul, Quigua Ati, que visa proteger aos direitos da Mãe Terra. Ela representa Koguis e Arhuacos que fazem um chamado para cuidar de nosso meio ambiente.

Na Colômbia, alguns artistas fizeram uma produção musical para incentivar o cuidado e evitar a destruição da Mãe Terra. Os Arhuacos tem defendido seu habitat por um longo tempo, mas através deste projeto chamado "Abre Serra", eles fazem seu chamado para o resto do mundo da importância que isto tem.

Normalmente, esquecemos dos grandes impactos químicos que sofrem a Mãe Terra, como a situação dos reatores nucleares no Japão. Dormimos pensando que a destruição química são momentâneas. Os russos foram atingidos com Chernobyl, mas agora a energia nuclear está nas mãos dos grandes técnicos. Em realidade, este mundo está em um grande perigo pelo desejo de exploração por parte das empresas, e essa exploração está praticamente em todas as áreas.

Se um vive uma vida simples, utilizando os recursos somente para servir a Krishna, evitando luxos desnecessários, poderia dizer que tem abordado uma situação atual, mas nos dormimos com problemas, como os reatores nucleares, a poluição química, o desaparecimento de espécies e a constante perda de recursos naturais. Portanto, ai nos perguntamos: O que podemos fazer?

Compartilho isso em resposta a nossa negligência de não produzir alimentos orgânicos, de não promover banheiros secos, sem por atenção em nossa água, ar e outros aspectos ambientais. Devemos proteger a nossa mãe, há que promover os valores superiores, em outras palavras, nossas campanhas deveriam ser tomadas muito mais a sério.
Os ensinamentos do yoga é um processo holístico, que abrange todos os aspectos do ser humano. O senhor Krishna ensina as diferentes fases de yoga, mas o mais importante, é se apaixonar pelo Divino, cantar os Santos Nomes, estudar o Srimad Bhagavatam e servir a um devoto puro, isso é verdadeiro. Mas as pessoas também esperam orientação dos devotos do que fazer e o que não fazer neste mundo. Srila A.C. Bhaktivedanta Prabhupada em uma revisão de Srimad Bhagavatam nos dá muitas recomendações da vida espiritual com a consciência ambiental.

Os desastres naturais que ocorrem são apenas um despertar. Por exemplo, quem sabe que território do Japão estará desabitado por um tempo e Hong Kong está apenas quatro horas de vôo. A nuvem de Chernobyl afetou toda a Europa nessa época, as usinas nucleares são bombas atômicas em potencial, algo totalmente indesejável. O que o mundo precisa é de moderação, a consciência de consumo e, claro, a Consciência de Krishna.

Eu gostaria de acordar a todos, os meus amigos e lançar um chamado de atenção, e qual é este chamado? É o Chamado contra a matança dos animais, dolorosamente, a maioria dos países neste momento estão em agonia promovendo a matança indiscriminada de animais para o lucro, a quantidade de homens que fazem atrocidades contra os animais ou contra a Mãe Natureza é tão grande que só um tolo não se daria conta.

O amor por Deus, o amor universal, é o mais importante. Portanto, não podemos ficar em silêncio diante das calamidades que o homem está criando a terra. Srila Prabhupada anunciou e o mesmo Srimad Bhagavatam, previu. Devemos intensificar nossas atividades espirituais, nossos retiros espirituais, nossas conferências e como melhorar a situação ambiental da comunidade em que vivemos.

Os nativos da América do Sul, realizam mantras de purificação para a Mãe Terra, realizam votos para que suas gerações precursoras cumpram em protege-la, evitam as comodidades o ambiente natural do lugar onde vivem. Assim, eles acreditam em uma idéia simples para mudar o mundo: Consumo Responsável! Nós podemos mudar o mundo com produtos saudáveis, livres de transgênico, que proporcionam conforto e proteção para o planeta.
Me sinto comprometido a gritar sobre a necessidade de proteção à santa mãe, Bhumi mata, que é representado pela forma de uma vaca. A religiosidade e o amor são manifestados por Bhumi, que nos dá a vida e nós fornece alimento. Então, sentimos ainda mais a necessidade de levar a mensagem de Srila Prabhupada a humanidade. Compaixão, fraternidade e bondade, isso é o único que nos afasta da mente abusiva que sempre quer ganhar.

Esta mensagem é para todos vocês, espero que depois que lerem, cada um se sinta ainda mais comprometido com esta causa.




Com afeto,
B.A. Paramadvati Swami