Distribuir o Sagrado Nome de Deus


Queridos devotos e amigos da Verdade:


Recordando alguns dias a aparição do Srimad Bhagavad Gita, gostaria de dedicar algumas palavras: somente quando vemos que algo começa a cair começamos a prestar atenção e como a alma não decai, não prestamos a importância que ela merece, é assim, que inclusive muitos dizem que a alma não existe. Entretanto, graças a Krishna, temos o Bhagavad Gita,  texto na qual Deus mesmo explica todos estes temas. Se você não consegue dimensioná-lo é porque você ainda não leu ainda. No Gita se narram temas completamente positivos para nos, não é um livro de um autor que busca tomar vantajem do leitor. O Bhagavad Gita somente nos beneficia. A cultura védica é a cultura do amor, não é a cultura dos negócios ou de ir ao redor do mundo com armas para submeter as pessoas. É a cultura de entregar sem parar.


O destino que forjas depende de tua preparação, por isso  devemos considerar-nos em formação constante, em aprendizagem constante. Deves estar armado com a “espada do conhecimento transcendental” e lutar contra a ignorância. Qual é a espada do conhecimento?, qual é a arma mais poderosa que podemos receber dele? A resposta é a Verdade. Assim se indica que o mais real e grande é que sempre penses em Deus, te tornes Seu devoto e desenvolvas amor por ele. Deus somente pode ser entendido por meio do amor. Essa é a mensagem do Bhagavad Gita.


A cada passo que deixes, e em todo momento estamos aprendendo lições fundamentais para a vida e todas as lições se focam em que devemos aprender a amar e isso somente será possível quando se desenvolve amor por Deus. Nos templos nós ensinam a amar a Deus mediante a leitura do Bhagavad Gita. Neste livro não há uma só palavra que não tenha uma mensagem importante: "Meu querido Arjuna esta natureza externa é inferior e mais superior a isto é Minha Natureza que compõe as almas”.


Atualmente, as pessoas se assustam com qualquer coisa, mas em essência se assustam porque não vem um futuro na realidade espiritual, então, O que fazem? Pois se alarmam com as coisas materiais, mas não se assustam com a violência no cinema, não se assustam por contaminar os rios, não se assustam por fazer coisas que são extremamente prejudiciais, somente se assustam com coisas tão fictícias que somente acontecem fora.


Estamos em perigo, não há nenhuma dúvida disso. Desde que nascemos até quando morremos, estamos em perigo. Entretanto, o perigo não é a morte, o perigo é o nascimento, porque quem morre vai nascer e quem nasceu vai morrer. Isso é um conto velho, o ponto não é o 12.12.12 (data em que muitas pessoas disseram que se acabaria o mundo). Isto é como a especulação. Mas bem temos que trabalhar muito em tudo o que temos que fazer para que nos vá bem. Cantemos Hare Krishna e depois de qualquer suposto desastre seguiremos cantando. Sempre devemos cantar Hare Krishna, nunca devemos deixar de fazê-lo, não se trata de ver que não se destrua o mundo e então querer seguir desfrutando por um caminho que nos afaste de sua verdadeira realidade e razão de vida.


Desde Vrindavan, lhes mando esta mensagem espero que lhes encham de entusiasmo para pregar e alcançar uma mudança real de consciência. Qual é o segredo? Distribuir pelo mundo o Sagrado Nome de Deus em todas suas formas.


Lhes desejo um começo de ano muito animado, muita força. Nunca percam o ânimo de ajudar aos demais, isto é vida. Mantenha-se cuidando seus corpos, pois são de Krishna. Há que proteger a saúde para poder pregar por todos lados.


Que o próximo ano seja de novos impulso.