Caminho para a devoção

Queridos amigos mais uma vez estamos aqui reunidos a través deste boletim para falar de um tema maravilhoso e importante, que é a Devoção.

A devoção nasce quando estou desgostoso com a crueldade e falsidade, a devoção é algo divino e muito fino. Devemos aprender a chorar pela ausência da divindade em nossas vidas e nesse momento sucederá algo muito especial no coração, pois despertará o desejo de aprender sobre a devoção, que é a verdadeira beleza.

A devoção agrega valor à sua vida e faz ao ser desenvolver a glória de sua existência. Devoção significa não enganar, aceitar a essência da vida, ser sincero, sempre há que estar despertando a consciência e viver para aprender a amar. Os 4 princípios regulativos são para amar.

Devoção é sinônimo de alegria, felicidade e futuro, por isso Bhakti yoga ou devoção é o caminho mais enriquecedor para o planeta e para os seres humanos, é o presente que abre o tesouro de teu próprio coração e o podes provar, o podes averiguar e surge no coração a través da fé. Esta fé é o tesouro da vida, o caminho para a devoção. Depois de ler o Bhagavad-Gita, devemos chegar a conclusão de que se devem abandonar todos os outros compromissos e adotar o Serviço ao Senhor Supremo, Sri Krishna. Se uma pessoa está convencida disso, desta filosofia de servir a Suprema Personalidade de Deus, isso é Fé, e o desenvolvimento dela é o processo da Consciência de Krishna. A fé pode ser cega, o qual implica que uma pessoa aceita qualquer coisa sem um critério de crítica pessoal ou de sua própria conveniência. A fé cega se encontra no imitacionismo, é onde as pessoas querem imitar algo, de maneira fácil, para realizar algo pessoal com um fim egoísta.

Cada ação atrai uma reação, essa é um ensinamento de vida e é por isso que se deve tomar o caminho correto. Não importa quanto custe a devoção, porque a necessitamos e a chave para ter uma vida feliz. Nem com teu poder nem conhecimento, nem orgulho realizarás nada, mas com teu amor, com tua compaixão realizarás muito. Esse é minha mensagem.

Eu não creio em Darwin, mas creio na alma, na devoção, no agradecimento, no vegetarianismo, no Pacto Mundial Consciente, em todos os projetos que se estão desenvolvendo para o serviço a Krishna nos diferentes lugares, creio que todos somos iguais, que ninguém é melhor que outro, todos somos filhos do mesmo Pai, e agora é o momento de colocar em prática todo a aprendizagem consciente.

Assim é que, queridos amigos, não duvidem em tomar e aproveitar este belo caminho da devoção. Desejo a vocês o melhor, o melhor no Caminho Espiritual, não existe nenhuma condição sem problemas neste mundo, e assim vamos passar uma vida difícil, melhor fazê-lo com um propósito Superior Espiritual, com devoção no Divino, todo aquele que nos dirige a Deus

Swami B. A. Paramadvaiti